O iMac Pro deu as caras ao mundo pela primeira vez em junho de 2017, durante o Worldwide Developer Conference (WWDC), prometendo melhorias de hardwares e inovações consideráveis para usuários exigentes. Conforme o anúncio inicial, o computador pessoal foi colocado à venda a partir de dezembro do ano passado, com planos posteriores para chegar a outros mercados.

imac pro

E eis que, após três meses de espera e a recente confirmação da homologação do produto pela Anatel, finalmente o iMac Pro chegou ao mercado brasileiro. De acordo as informações oficiais, o invejável all-in-one possui um processador Xeon W de 18 núcleos e clock base de 2,3 GHz, 128 GB de RAM ECC DDR4, armazenamento interno SSD de 4 TB e adaptador gráfico Radeon Pro Vega 64 com 16 GB de memória HBM2.

E se as configurações de hardware elevam o iMac Pro, obviamente podemos esperar o mesmo dos preços de cada uma das versões do computador, cuja etiqueta pode variar de R$ 38 mil a R$  95,5 mil. Se a sua carteira estiver bem recheada, vale a pena dar um pulo no site oficial do produto.

Além de suas especificações técnicas extremamente “parrudas”, o novo iMac Pro também se destaca por seu novo chip T2, que atua em conjunto com o processador da Intel para aprimorar as funções de segurança, bem como os recursos de processamento de fotografias registradas pelo FaceTime HD, além de apresentar características de construção únicas com visual cinza-espacial.

Fonte: CT